O autor com trata de assuntos profundos de batalha espiritual de um modo simples e direto, como perdão, orgulho, manter a casa limpa de coisas ligadas ao ocultismo, libertação de pecados, como se manter livre, etc, segue abaixo, um trecho que para mim foi um dos mais marcantes do livro e de grande ajuda em minha vida.



"Abandonando o Passado

       Se nós não mantivermos nossa consciência limpa, o inimigo ganha vantagem sobre nós. Isso pode ser visto claramente no julgamento de Himeneu e Alexandre em 1 Timóteo 1:19-20 “mantendo fé e boa consciência, porquanto alguns, tendo rejeitado a boa consciência, vieram a naufragar na fé. E dentre esses se contam Himeneu e Alexandre, os quais entreguei a Satanás, para serem castigados, a fim de não mais blasfemarem.” Uma consciência limpa diante de Deus é absolutamente essencial para nós como cristãos. De fato, Paulo escreveu que “o intuito da presente admoestação” – isto é, o propósito do ministério, ou o propósito de seu ensino – é o amor que flui “de um coração puro, de uma boa consciência, e de uma fé sem hipocrisia” (1Tm 1:5).

       Você deseja que o amor de Deus flua de você para outros? Então uma consciência pura é uma das três coisas essenciais que Paulo menciona. Vejo uma interessante progressão aqui. Um coração puro aponta para o presente, uma consciência limpa para o passado, e uma fé genuína para o futuro. Se seu coração é puro e você cuidou de seu passado, você pode olhar para o futuro com segurança.

       O que você pensaria se estivesse em um carro comigo e eu começasse a dirigir em uma rua movimentada olhando somente para o espelho retrovisor? Depois de você ter engolido um pouco de saliva, você provavelmente diria, “Jim você está olhando para o lado errado!”.

       Você está correto; Não posso ir para frente olhando para trás, e nem você. Mas é exatamente para onde Satanás quer que olhemos. Paulo disse que devemos esquecer o passado (Filipenses 3:13 “Irmãos, quanto a mim, não julgo havê-lo alcançado; mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão,”). Não é preciso fingir que isso não aconteceu. Simplesmente esqueça.

       O inimigo deseja que você desenterre seu passado. Mas quando você desenterra algo morto, adivinhe o que ocorre? Cheira mal. Deus disse que o passado foi enterrado e que Ele nunca trará isso de volta novamente. Isto está debaixo do sangue de Cristo.

       Quando Paulo diz para esquecer “das coisas que ficaram para trás”, ele não quer dizer que você deve agir como se essas coisas nunca tivessem ocorrido. A palavra significa “desconsiderar o significado” disso. Ele deixa isso para trás e se move adiante. Quando você abandona o passado, você fica livre para estender ambas as mãos para receber o que Deus tem para você agora. Com uma consciência limpa você pode olhar as pessoas nos olhos, então você poderá ir e criar um grande dano para Satanás e seu reino.



O Problema da Culpa

       Sempre que falo sobre ter uma consciência limpa e não permitir que o inimigo atormente-nos com nosso passado, essa questão geralmente é levantada: “O que você faz quando você tem uma lembrança que você não consegue lidar?”

       Excelente questão. Todos nós sofremos as consequências do nosso pecado, mesmo depois que somos limpos deste pecado. Uma das consequências do pecado é a cicatriz deixada por memórias dolorosas. Outro nome para isso é culpa. Satanás ama relembrar-nos de coisas que nós fizemos, assim ele pode nós manter na escravidão da culpa: “Você se lembra da coisa terrível que você fez? Como Deus pode usar uma pessoa como você?”


Tente Esquecer Isso?

       Então o que fazemos quando temos essas memórias de coisas as quais não podemos negar que fizemos. O que nós usualmente dizemos as pessoas que estão lutando com a culpa dos pecados do passado? Esqueça isso, não pense sobre isso.

      Eu frequentemente pergunto aos meus conselheiros, “Adianta tentar esquecer isso?”

      “Não, isso se torna pior. Quanto mais eu tento não pensar sobre isso, mais eu penso sobre isso.”

      Eles estão certos. Você alguma vez já tentou não pensar sobre alguma coisa? Isso não funciona, não é? Nós vimos acima que deixar o passado para trás não significa tentar esquecê-lo ou fingir que ele nunca tenha ocorrido.


Agradeça a Deus por essa Lembrança

       Eu encorajo as pessoas a lidar com a culpa desta maneira. Primeiro eu pergunto a elas,“Quem estava dirigindo sua vida quando você fez essa decisão errada?” “Eu estava.”

       Então em vez de tentar esquecer ou suprimir a memória deste pecado, faça isso. Sempre que o inimigo trouxer isso em sua mente com o propósito de te acusar, enfrente isso e diga, ‘ Deus, te agradeço por permitir me lembrar o que ocorria quando eu mesmo dirigia a minha vida. Agora, quero dedicar minha vida ao Senhor Jesus Cristo. Eu quero que Ele sente no trono de minha vida, porque eu sei que quando Ele dirige minha vida, eu não faço esse tipo de coisas.”

      Se a culpa for um problema para você, exorto você a seguir essa simples fórmula. Isto não é uma fórmula mágica, isso não é automático – mas isso pode ser bastante libertador. O inimigo vem com esses pensamentos intrusos para criar uma divisão entre você e Deus, para evitar que você consagre novamente sua vida para Deus.

      A única maneira que conheço para parar esses pensamentos é agradecer a Deus pelas memórias e dedicar a si mesmo novamente a Deus. Muitas pessoas têm dito para mim que depois de um período fazendo isso, os pensamentos de acusação param.


Seja Como Paulo

       A propósito, não sou a primeira pessoa a usar essa ideia. Acredito que isso era exatamente o que Paulo fazia quando Satanás relembrava ele de seu passado obscuro.

       E Paulo tinha um passado difícil. Pense sobre as memórias que ele tinha que lidar. Ele passava seu tempo antes de sua conversão capturando os cristãos e levando eles a morte (Atos 22:4 “Persegui este Caminho até a morte, prendendo e metendo em cárceres homens e mulheres,”). Posso imaginar ele indo a algum lugar para pregar e algum dos crentes dizendo, “Oh sim, sei quem você é. Você foi um dos responsáveis pela morte de minha avó”.

       Paulo nunca esqueceu o que ele fez para a igreja, mas veja como ele lidava com essas memórias. Nós temos três exemplos em seus escritos, em 1Coríntios 15:9 “Porque eu sou o menor dos apóstolos, que mesmo não sou digno de ser chamado apóstolo, pois persegui a igreja de Deus.”; Efésios 3:8 “A mim, o menor de todos os santos, me foi dada esta graça de pregar aos gentios o evangelho das insondáveis riquezas de Cristo”; e 1 Timóteo 1:12-15 “Sou grato para com aquele que me fortaleceu, Cristo Jesus, nosso Senhor, que me considerou fiel, designando-me para o ministério, a mim, que, noutro tempo, era blasfemo, e perseguidor, e insolente. Mas obtive misericórdia, pois o fiz na ignorância, na incredulidade. Transbordou, porém, a graça de nosso Senhor com a fé e o amor que há em Cristo Jesus. Fiel é a palavra e digna de toda aceitação: que Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal.” Observe cada um desses trechos acima e verá que Paulo francamente reconhecia suas ações no passado, ele mudou essas lembranças dolorosas em ocasiões de louvor e adoração a Deus pela abundante graça concedida sobre sua vida. Nós precisamos imitar o exemplo de Paulo."


OBS: Alguns versículos foram inseridos na íntegra para facilitar a compreensão do texto.


Reclaiming

Reclaiming Surrended Ground

Protecting Your Family From Spiritual Attacks

(Recuperando o Terreno Perdido, Protegendo a Sua Família dos Ataques Espirituais, páginas 74-76)

Copyright © 1995 Jim Logan, Moody Press

© Copyright 2017-2020 Fábio José - Todos os Direitos Reservados.

fabiojose.org - Liberdade em Jesus Cristo.