A AFIRMAÇÃO DIÁRIA DE FÉ


"Eu escolho hoje deliberadamente me submeter totalmente a Deus, assim como Ele tem se revelado a mim por meio das Sagradas Escrituras, as quais eu aceito honestamente como o único padrão de autoridade inspirado e infalível, para toda minha vida e prática. Neste dia não julgarei a Deus, Seu trabalho, a mim mesmo, ou aos outros com base em meus sentimentos ou circunstâncias.

  1. Eu reconheço pela fé que o Deus triúno é digno de toda a honra, louvor e adoração, como nosso Criador, sustentador e o fim de todas as coisas. Eu confesso que Deus, como meu criador, me fez para Ele mesmo. Deste modo, neste dia, escolho viver para Ele (Ap 5:9-10, Is 43:1,7,21; Ap 4:11).

  2. Eu reconheço pela fé que Deus me ama e me escolheu em Jesus Cristo antes da fundação do mundo (Ef 1:1-7).

  3. Eu reconheço pela fé que Deus provou Seu amor por mim enviando Seu Filho para morrer em meu lugar, no qual toda provisão necessária já foi feita pelo meu passado, presente e futuro por meio de Seu trabalho representativo na cruz, e que eu tenho sido vivificado, me assentando com Jesus Cristo nos céus, e ungido com o Santo Espírito (Rm 5:6-11; 8:28-39; Fp 1:6; 4:6-7, 13,19; Ef 1:3; 2:5-6; At 2:1-4, 33).

  4. Eu reconheço pela fé que Deus me aceitou desde que aceitei Jesus Cristo como meu Senhor e Salvador (Jo 1:12; Ef 1:6); que Ele me perdoou (Ef 1:7); me adotou em Sua família, assumindo toda responsabilidade por mim (Jo 17:11, 17; Ef 1:5; Fp 1:6); me dando a vida eterna (Jo 3:16; 1 Jo 5:9-13); aplicando a perfeita justiça do Senhor Jesus assim agora eu sou justificado (Rm 5:1; 8:3-4; 10:4); me fazendo completo em Cristo (Cl 2:10); e oferecendo a Si mesmo a mim como minha suficiência diária pela oração e pelas decisões de fé (1Co 1:30; Cl 1:27; Gl 2:20; Jo 14:13-14; Mt 21:22; Rm 6:1-19; Hb 4:1-3, 11).

  5. Eu reconheço pela fé que o Espírito Santo me batizou para dentro do corpo de Cristo (1Co 12:13); me selou ( Ef. 1:13-14); me ungiu para a vida e o serviço (At 1:8; Jo 7:37-39); buscando me levar a um caminhar profundo com Jesus Cristo (Jo 14:16-18; 15:26-27; 16:13-15; Rm 8:11-16); e preenchendo minha vida com Ele mesmo (Ef 5:18).

  6. Eu reconheço pela fé que somente Deus pode lidar com o pecado e somente Deus pode produzir uma vida de santidade. Eu confesso que em minha salvação minha parte era somente recebê-Lo e que Ele lidou com meu pecado e salvou-me. Agora eu confesso que de modo a viver uma vida santa, somente posso me render a Sua vontade e recebê-Lo como minha santificação; confiando Nele para fazer qualquer coisa que seja necessária em minha vida, por dentro e por fora, de modo que possa viver hoje em pureza, liberdade, descanso, e poder para Sua glória (Jo 1:12; 1 Co 1:30; 2Co 9:8; Gl 2:20; Hb 4:9; 1Jo 5:4; Jd 24).

    Tendo confessado que Deus é digno de todo o louvor, que as Escrituras são o único padrão de autoridade, que somente Deus pode lidar com o pedado e produzir santidade e vida, eu novamente reconheço minha total dependência Dele e submissão a Ele. Eu aceito a verdade que orar em fé é absolutamente necessário para a realização da vontade e graça de Deus em minha vida diária (1Jo 5:14-15; Tg 2:6; 4:2-3; 5:16-18; Fp 4:6-7; Hb 4:1-13; 11:6, 24-28).


Reconhecendo que a fé é uma resposta total a Deus, pela qual as provisões diárias que o Senhor tem provido Nele mesmo são apropriadas, eu faço as seguintes decisões de fé:

  1. Para este dia (Hb 3:6, 13, 15; 4:7) eu faço a decisão de fé de me render totalmente a autoridade de Deus assim como Ele tem revelado a Sí mesmo nas Escrituras – para obedece-Lo. Eu confesso meu pecado, enfrentando a realidade pecaminosa de minha velha natureza, e deliberadamente escolho andar na luz, juntamente com Cristo, em todos os momentos deste dia (Rm 6:16-20; Fp 2:12-13; 1Jo 1:7,9).

  2. Neste dia eu tomo a decisão pela fé de me render completamente a autoridade de Deus revelada nas Escrituras, para crer Nele. Eu aceito somente a Sua Palavra como autoridade final. Eu agora creio que desde que confessei o meu pecado Ele me perdoou e me limpou (1 Jo 1:9). Eu aceito totalmente a Sua Palavra da promessa de ser a minha suficiência e descanso, e conduzirei minha vida de acordo com Ela (Ex 33:1; 1Co 1:30; 2 Co 9:8; Fp 4:19).

  3. Neste dia eu faço a decisão de fé para reconhecer que Deus tem feito toda a provisão para que eu possa cumprir Sua vontade e chamado. Deste modo, não darei nenhuma desculpa para meu pecado ou falha. (1Ts 5:24).

  4. Para este dia eu decido deliberadamente pela fé, receber de Deus a provisão que Ele já preparou para mim. Eu renuncio todo auto-esforço para viver a vida Cristã e para exercer o serviço de Deus; renuncio todas as orações pecaminosas nas quais peço para Deus mudar as circunstâncias ou as pessoas, pois assim seria mais espiritual; renuncio todo o recuo que fiz do trabalhar do Espírito Santo interiormente e do chamado de Deus exteriormente; renuncio ainda todos os motivos não bíblicos, alvos, e atividades que serviram ao meu orgulho pecaminoso.

    1. Eu agora sinceramente recebo Jesus Cristo como minha santificação, particularmente como a limpeza da velha natureza, e peço ao Espírito Santo para aplicar a mim o trabalhar de Cristo realizado por mim na crucifixação. Em cooperação com Ele e na dependência Dele, eu obedeço o comando de “me despir do velho homem” (Rm 6:1-14; 1 Co 1:30; Gl 6:14; Ef 4:22).

    2. Eu agora sinceramente recebo Jesus Cristo como minha santificação, particularmente como minha capacitação momento após momento para viver acima do pecado, e peço ao Espírito Santo para aplicar em mim o trabalhar da Ressurreição de modo que possa andar em novidade de vida. Eu confesso que somente Deus pode lidar com meu pecado e somente Deus pode produzir santidade e o fruto do Espírito em minha vida. Em cooperação com Ele e na dependência Dele, eu obedeço o comando de “revestir-me do novo homem” (Rm 6:1-4; Ef 4:24).

    3. Eu agora sinceramente recebo o Senhor Jesus Cristo como minha libertação de Satanás e tomo minha posição com Ele nos lugares celestiais, pedindo ao Espirito Santo para aplicar em mim o trabalhar de Sua ascensão. Em Seu nome eu submeto o meu ser a Deus e me posiciono contra todas as influências e astúcias de Satanás. Em cooperação com Deus e em Sua dependência, eu obedeço o comando de “resistir ao diabo” (Ef 1:2-23; 2:5; 5:27; 6:10-18; Cl 1:13; Hb 2:14-15; Tg 4:7; 1 Pe 3:22; 5:8-9).

    4. Eu agora sinceramente recebo o Espirito Santo como minha unção para cada aspecto de minha vida e serviço neste dia. Eu abro totalmente minha vida para Ele me preencher e fazer como que minha carne obedeça o comando de “ser cheio do Espírito Santo” (Ef 5:18; Jo 7:37-39; 14:16-17; 15:26-27; 16:7-15; At 1:8).


    Tendo feito a confissão e estas decisões de fé, eu agora recebo as promessas de Deus para este dia (Hb 4:1-3). Deste modo, eu descanso na confiança da fé, sabendo que no momento da tentação, provações, ou necessidades, o Senhor mesmo estará lá como meu fortalecimento e suficiência (1Co 10:13)."


    Esta afirmação foi composta pelo Dr. Victor Matthews, Professor Emérito de Teologia Sistemática, no Grand Rapids Babtist Bible College and Seminary (como citado em Mark Bubeck, The Adversary, Chicago: Moody Press, 1975, 136-140).

Traduzido de “The Handbook for Spiritual Warfare”, Dr. Ed. Murphy, by Thomas Nelson Publishers, pg. 591-592.

Download: DeclaracaodeFe.pdf

© Copyright 2017-2018 Fábio José - Todos os Direitos Reservados.

fabiojose.org - Liberdade em Jesus Cristo.